quarta-feira, 29 de agosto de 2012

“A certeza que vive em mim...”

O Catecismo (CIC) define a fé a partir de algumas características, A Fé é uma Graça’; ‘A Fé um dom de Deus’, ‘A Fé é um ato humano’, e apresenta a sua relação com a inteligência, a razão, a ciência e a liberdade humana. Utiliza a Sagrada Escritura para afirmar que a fé é uma exigência para a salvação e que "sem a fé não é possível agradar a Deus" (Heb 11, 6), e que a perseverança na fé, na boa consciência e nas boas obras é o início da eternidade ainda neste tempo. (CIC 153 a 165)
            Como dizíamos na página anterior, é momento de reflexão da fé. É momento de preparação para adentrarmos no ‘Ano da Fé’. E é com o auxílio do Espírito de Deus que ao cantar em nós, somos conduzidos a oração e a mais uma experiência de fé.



“A certeza que vive em mim
É que um dia verei a Deus
Contemplá-lo com os olhos meus
É a felicidade sem fim.
O sentido de todo viver
Eu encontro na fé e no amor
Cada passo que eu der
Será buscando o meu senhor.

Peregrinos nós somos aqui,
Construindo morada no céu
Quando Deus chamar a si
Quem foi na terra amigo seu.”
       (Miria T. Kolling, icm)

Oremos:
Obrigada Senhor por este canto!
Obrigada por esta certeza de felicidade eterna, onde não mais haverá choro, dor, tristeza e angústia.
(lá) Viveremos para adorar-Vos Senhor!
Viveremos a Plenitude do amor, amando e sendo amado por Vós, e, por todos que conosco estiverem gozando dessa tão sonhada “Beatitude”!
Obrigada, Maravilhoso e Poderoso Deus!
Sois Fiel, Justo, Santo e Misericordioso!
Recolha de nossas almas aquilo que temos de melhor para Vós, Senhor!
Transformai em nós, tudo aquilo que não Vos for agradável, em benção e em alegria para o gozo eterno!
Transforme tudo aquilo já iniciado aqui neste mundo... E permitais que assim seja também para todos os que nos rodeiam!
Capacitai-nos para vivermos a certeza da fé que nos faça ir ao encontro do outro, a partir do encontro pessoal convosco!
Vinde Senhor, acendendo em nós a “Luz da Fé” que nos leva a sermos canais da Vossa Graça uns para com os outros, e todos, para com aqueles que não vos conhecem!
Há Vosso tempo e escolha, concedei a nós, homens e mulheres deste novo tempo – onde o virtual tem dado lugar ao humano e ao real, as condições para voltarmos ao primeiro amor em nossos relacionamentos, para convosco e entre nós!
Iluminai a nossa fé, aumentai a nossa esperança e alimentai o nosso desejo de eternidade para que possamos fugir das situações de esfriamento fraterno e familiar!
Que os esposos possam reencontrar em Vosso Amor ‘a medida do amor sem medidas’, como nos disse Santo Agostinho!
Que o amor sem medidas nos faça ser - enquanto pais, para nossos filhos e nossas famílias, aquilo que Sois para as nossas almas, essência e fonte de todo bem..., e acima de tudo, certeza de ETERNIDADE! Amém!
Estela Márcia



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário